Selinho

Selinho

6 de outubro de 2012

Poesia


Uma pequena e humilde adaptação da frase de Einstein: 
Há duas formas de ver a vida: 
A primeira é achar que na vida não há poesia nenhuma...
E a segunda é achar que tudo na vida é poesia...
Eu escolho a segunda ...

1 de outubro de 2012

Tudo novo de novo 2

Olá passados pouco mais de trinta dias da cirurgia, estou me sentindo muito bem, ainda com um pouco de dificuldade para dormir, porque é sempre a mesma posição (de barriga para cima).
 Está valendo muito a pena. Já passou um pouco da minha indignação em relação ao rompimento da prótese e acredito que o meu "encantamento está passando".
Encantamento porque tudo aconteceu neste processo de reconstrução...  Da perda da primeira prótese até o rompimento desta última, inúmeros sentimentos passam pela nossa cabeça, mas nenhum tira a vontade de sentir-se um mulher por inteiro novamente. Sei que alguns julgam bobagem afinal podemos viver sem um seio sem maiores problemas, em tese pelo menos. mas a cabeça da mulher não é assim o seio tem um significado muito particular, revela o nosso feminino e não há nada que substitua isso, pelo menos para mim é assim. Com certeza diversas mulheres continuam vivendo suas vidas, namorando, sendo amadas e felizes independente da mama. Mas eu quis "depois de tudo ainda ser feliz", muito feliz! E não desisti...

Fé e coragem para quem está em tratamento, tudo vale a pena!!!