Selinho

Selinho

4 de setembro de 2012

Mastectomia radical e implante de silicone, cuidados com a mamografia



Faz um tempo que não escrevo sobre a origem deste blog, mas ela é muito concreta, o blog surgiu em decorrência ao câncer de mama que eu tive. Na verdade surgiu um pouquinho antes, mas este antes não tinha nada de muito significativo. Então estou encerrando uma outra etapa, onde as cirurgias são feitas para devolver um pouco da minha imagem corporal antes da doença. Realizei agora no dia 28 de agosto a cirurgia para colocação do bico e mamilo, preenchimento do decote com gordura e tudo mais para deixar um tanto parecido com o que era.
O fato é que antes de fazer a cirurgia durante os exames de rotina descobri que minha prótese estava rompida. fato que me deixou bastante decepcionada e me senti em processo de regressão. Fiquei absurdamente chateada e pensativa sobre o fato, quem me acompanha desde o início sabe que já realizei diversos procedimentos cirúrgicos e alguns de fato não tiveram sucesso. Romper a prótese era uma pouco demais!
Foi então que a minha intuição me disse, meu médico confirmou e o Dr. Google fundamentou, sim o exame mamográfico pode romper a prótese. Tenho quase plena certeza disso...
E hoje quero alertar a todas as mulheres que seguem o meu blog e passam pela mesma situação que eu, ou seja, já fizeram mastectomia radical e colocaram prótese de silicone:  não façam mamografias nesta mama que não tem mais tecido mamário para proteger a prótese! Peçam aos seus médicos que solicitem a ressonância magnética, a ecografia mamária, ou outro exame que não seja tão violento na pressão. Talvez o que ocorreu comigo sirva para evitar que outras situações como esta ocorram. Sinto-me no dever de alertar para essa possibilidade. As clínicas de diagnóstico são diferentes, algumas tem todo o cuidado e te explicam que existe a possibilidade de rompimento, outras não são tão cuidadosas e não possuem técnicos tão qualificados. É melhor não arriscar...
O meu cirurgião confirmou que a prótese estava partida ao meio inclusive fotografou para me mostrar. tiveram que lavar bem a cavidade onde a prótese estava inserida e foi mais complicado, algo que poderia ter sido evitado.
A minha cirurgia poderia ter sido bem mais simples, eu poderia não entrar tão estressada porque eu já tinha em mim o fantasma da rejeição da primeira prótese.
Passados alguns dias, o resultado está excelente, mas preciso me cuidar ainda, para que a cicatrização seja muito boa.
Portanto eu agora digito somente com  a mão direita é bom não arriscar! Vou ter que fica sem dirigir por mais algum tempo e afastada do trabalho mais do que eu esperava.
MAS ESTÁ VALENDO A PENA!!!
Sinto-me uma mulher inteira novamente, e isso não tem como explicar...
Ouço muito as pessoas dizerem que o que importa é que eu estou curada, de fato isso é o que importa!
Mas uma vez curada, quero qualidade de vida, quero sentir-me em paz com minhas emoções e com tudo que diretamente me afeta.
Para encerrar quero compartilhar a oração de Santo Agostinho, que foi o meu santo protetor no dia da cirurgia, pois dia 28 de agosto é o dia dele; a oração é linda demais!!!

Oração a Santo Agostinho

Tarde vos amei, ó beleza tão antiga e tão nova, Tarde vos amei! 
Eis que habitáveis dentro de mim, e eu lá fora procurando-vos! 
Disforme, lançava-me sobre estas formosuras que criastes. 
Estáveis comigo, e eu não e
stava convosco!
 Retinha-me longe de Vós aquilo que não existia se não existisse em Vós. 
Porém, chamastes-me com uma voz tão forte que rompestes a minha surdez!
 Brilhastes, cintilantes, e logo afugentastes a minha cegueira! 
Exalastes perfume: Respirei-o suspirando por Vós. 
Tocastes-me e ardi no desejo de Vossa paz!
 Só na grandeza de Vossa misericórdia coloco toda a minha esperança. 
Dai-me o que me ordenais, e ordenai-me o que quiserdes.
 
AMÉM


Nenhum comentário:

Postar um comentário