Selinho

Selinho

17 de dezembro de 2011

Se isso não é amor o que mais pode ser?


Fiquei esperando a inspiração chegar para iniciar este post, pensei:
- Afinal o que eu ainda não disse do meu marido e dos meus filhos?
Já revelei neste espaço todo o meu amor pelo meu Amor.
Já fui coruja diversas vezes de meus filhotes.
O que dizer então por ocasião da festa de minhas bodas de prata que ainda não foi dito?
Penso então que tenho só que agradecer a Deus a graça de ter encontrado essa pessoa especial que junto comigo formou uma linda família. Uma família unida que se ama e se respeita. Talvez alguém pergunte:
- Foi fácil?
Então será a oportunidade para responder que:
- Naaaaaaaão! Ter uma família, não é tarefa fácil, ter um amor que pretenda ser para a vida inteira, também dá um trabalho danado.
Não é assim que de repente as coisas acontecem, para que aconteçam é preciso dedicação, um pouco de sorte e uma dose irrestrita de bom humor.
Penso que talvez o segredo mais importante de qualquer relação seja o bom humor.
Já tentaram conviver com quem não tem humor? É tarefa das mais difíceis. Para mim é tarefa impossível.
Talvez essa seja a qualidade mais especial do Marcelo, ele sempre acha graça na desgraça e isso torna a nossa vida muito mais leve. Entre outras qualidades que não convém revelar, para não valorizar o seu passe (kkkkk), penso que esta seja a mais relevante e talvez a única que eu ainda não tenha revelado.
A foto acima é do nosso noivado,  com ela,  nossos filhos fizeram um quadro enorme para nos presentear.
Ahhhn! Não contei que "casei de novo", com direito a vestido novo, novas alianças e com os filhos entrando na igreja junto conosco. Foi uma cerimônia emocionante.
Nossos filhos fizeram a animação da missa e daí teve uma hora que as lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto e logo em seguida a pular de dentro de mim, eu não conseguia parar de chorar, mas não era um choro ruim, era um choro de gratidão, um choro de agradecimento a Deus por me permitir estar vivendo aquele momento.
Enfim foi tudo muito lindo, durante a cerimônia renovamos o sacramento, fizemos de novo promessas de amor e fidelidade, tudo para aguentar mais 25 anos, se Deus permitir.
Agora me digam:
Se isso não é amor o que mais pode ser?
Estou aprendendo também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário