Selinho

Selinho

27 de maio de 2011

Os tempos



Os tempos em que vivemos...
Há quem diga que o que vale é só o agora, o presente, o hoje, é só o que temos. Concordo.
Mas há quem diga que o passado é o que nos forja, nos habilita a viver melhor o presente. Concordo igualmente.
Há quem diga que é preciso acreditar no futuro para viver bem o presente, sim isso é fundamental.
De fato vivemos entre o passado, o presente e o futuro.
O presente é ação, o agora, a chance de fazermos.
O passado é a soma do que somos, nossas lembranças, vivências e experiências.
O passado pode ser o nosso mestre, ou o nosso algoz.
Tudo depende do como vivemos, o quanto vivemos e o como encaramos tudo que vivemos.
Não ter medo da vida é a chance de termos boas lembranças.
Nutrir o sentimento de esperança no presente ajuda a construir um futuro "minimamente bom".
É preciso nutrir essa confiança de que sempre virão coisas muito melhores, que há muito ainda para viver e amar.
Em qualquer que seja o tempo verbal, precisamos nutri-lo com AMOR.Viver amando não cansa, ao contrário de certa forma nos torna eternos...

2 comentários:

  1. É... o negócio é não negar o passado para encarar de frente o presente sem medo do futuro!

    ResponderExcluir
  2. oi Luciane como está? grata pela visita, eu estou mais o menos rss um pouco gripada, pois São Paulo está congelando rssss é mole?

    beijos

    Sol

    ResponderExcluir