Selinho

Selinho

11 de fevereiro de 2011

Luzes e sombras


Ando muito ligada no que está acontecendo no meu dia. estou atenta ao que falo, ao que escuto e descobrindo aos 42 anos, nunca é tarde, como é que o mundo gira. Antes eu achava que ele girava conforme a minha vontade e aí está o meu maior defeito, o chefão dos meus pecados: o orgulho. Pensava que todo mundo iria torcer por mim, iria rezar para que eu ficasse bem enfim me achava uma unanimidade. Que louca!
que orgulhosa, eu achava que podia escolher olhar o mundo e não ver certas imperfeições, acreditava na liberdade total do ser humano de escolher entre o bem e o mal. Escolhas que não são simples, muitas vezes o que julgamos bem pode ser o mal para alguém. Então, de novo penso, que há muito o que  ver e aprender.
Tudo isso para dizer que alguns tipos de pessoas tem me incomodado muito. Por exemplo: as pessoas queixosas que fazem seus dramas maiores do que são, estou sem paciência nenhuma para essa gente, desculpem, é até politicamente incorreto admitir, mas não tenho mais vocação para aguentar quem não se aguenta. De novo vejo aí a "pontinha" do meu orgulho falando alto, porém faço questão de não chutar cachorro morto, ou seja todo mundo merece respeito. Também acho que a vida da gente é recheada de luzes e sombras e que às vezes o que incomoda no outro pode ser o que nos incomoda em nós mesmos.
Pode ser... não é que seja, porque eu por exemplo estou também sem paciência com pessoas invejosas e dos pecados que me "orgulho" de não possuir a inveja é um deles. Então eu vejo pessoas vibrando porque foram promovidas, porque vão viajar, porque estão bem e felizes simplesmente e quero vibrar com elas, quero estar junto. Se não vou junto na viajem digo que se lembre de mim e traga uma foto, envie um e-mail, mas estou feliz contigo é o que eu quero dizer. Mas quando vejo alguém sendo medíocre botando pulga nas orelhas de quem está feliz, me dá cá uma raiva... daí respiro fundo, porque na maioria das vezes não me diz respeito o que está acontecendo e procuro, quase nunca consigo é bem verdade, olhar o invejoso com misericórdia e penso: que triste, não é capaz de conseguir e fica agourando o outro.
Por isso a gente vai ficando madura e mais seletiva, respeitar quem está ainda assim preocupado com a vida dos outros e não com a própria, tudo bem, mas respeito não é presença, não é amizade, pode ser respeitar à distância.
Quando farejo alguém assim perto de mim, rezo para todos os santos e peço proteção, São Jorge tem a melhor oração e peço:
- Cuida dessa pessoa que ela seja bem feliz, longe de mim!

3 comentários:

  1. Lú,não deves te sentir frustrada com certas pessoas, "ditos seres humanos", pense em um garimpo, usa-se a peneira pensando em um primeiro momento, que ali dentro está repleto de ouro, mas basta balançar, lavar e o que vemos? Algumas pepitas brilhando, e assim são as pessoas que choraram por ti, rezaram por ti, torceram por ti, te esperaram voltar ao batente, te amaram e te amam, estas são as pepitas onde com muito orgulho me incluo, e sei que não são poucas as "pepitas" que brilharam por ti, e como no garimpo, considere os que não souberam te amar, aquilo que cai da peneira, simplesmente!!!!
    TE AMO, Beijos da Aninha**********
    Vera

    ResponderExcluir
  2. " Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre."
    Cecilia Meireles
    Bjs
    Vera

    ResponderExcluir
  3. eu sei Vera, mas é um desabafo!!! bjs

    ResponderExcluir