Selinho

Selinho

4 de dezembro de 2010

Colcha da Amizade

Ontem pude participar da festa de encerramento da escola e ganhei uma colcha linda, com desenhos dos meus 75 alunos. Em breve colocarei a foto aqui, ela já está na minha cama, me enchendo de energias positivas.
Foi uma homenagem linda que ganhei.
Pensando bem no meu ano, ganhei mais que perdi, mesmo com todas as "travessias desse ano".
Recebi tanto amor!!!!!!!!!!!!!!!!!
"obrigadu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!"
A partir de agora viverei como a Canção de Sempre do meu querido Mario Quintana:


Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
Mário Quintana

Nenhum comentário:

Postar um comentário