Selinho

Selinho

4 de novembro de 2010

Estou a dois passos do paraíso...


Tenho chorado muito todos sabem, mais de tristeza do que de alegria, nos últimos tempos.
Mas hoje chorei de muita felicidade: "Estou a dois passos do paraíso...E o meu amor vai me buscar..."
Amanhã faço a penúltima quimioterapia e parei para pensar que eu não acredito que passei por isso tudo, essa revolução que foi a minha vida nos últimos meses.
Experimentei todos os sentimentos do almanaque: sentimentos, novos, antigos, tudo que vocês possam imaginar eu vivi, ou quase tudo, uma vez que sou exagerada...
Mas agora me vem isso: está no fim. Me sinto há duas voltas do pódio, em uma corrida de Fórmula 1, sou quase um Fernando Alonso, um Schumacher, sei lá, faltam duas voltas é uma questão de minutos se levarmos em conta tempo e espaço... Estou hoje com o combustível todo, nem sei quem está vencendo a Fórmula 1, mas me sinto competindo, correndo nesta competição em favor da minha vida.
Quem será que dará a bandeirada final?
Terminada essa corrida, outras virão, mas se venci esta, sairei fortalecida para competir nas outras que virão, terei mais prática, serei uma campeã!!!
Vitória é um sentimento que tem uma importância extra para mim agora, vitória porque continuo viva, continuo sentindo tudo e todos.
Continuo enfim minha existência...
Até quando?
Ninguém sabe, só Deus...
PS: Descubro agora, porque procurei no Google que é o Alonso que tem chance de ganhar o título, e ele diz, que é necessário também sorte para vencer. Acredito que sorte é sinônimo de fé, determinação, vontade de vencer... Temos muito em comum!

Um comentário: