Selinho

Selinho

25 de novembro de 2010

ESPERAR UM POUCO MAIS ...


Sem dúvida nenhuma, meu aprendizado nesta situação em que eu estou vivendo é "esperar enquanto Deus trabalha."
Nenhum plano, nada a planejar sozinha sem o consentimento médico.
Não consigo assumir um compromisso profissional. Fico na expectativa de que já vai passar e eu vou voltar, mas na verdade, nada me pertence, nada consigo decidir neste momento.
Estou tentando lidar com aquilo que é inesperado, com a minha impotência diante do que estou vivendo.
Para mim que sou decidida e gosto de planejar a minha vida tem sido um aprendizado e tanto.
Estou frustrada, mas sei que vai passar.
São só cinco dias a mais, mas são cinco dias que fazem uma diferença enorme pois os compromissos do final do ano, não podem ser remarcados.
A questão é que os eventos terão que talvez acontecer sem a minha presença e não é que eu me ache insubstituível, é que realmente eu gosto muito de participar e organizar tais momentos.
Por hora meu único compromisso é esperar, esperar e repousar.

Um comentário:

  1. Dar testemunho da “boa nova” do casamento
    cristão é a missão do casal cristão, no seio do próprio casal e
    da própria família, mas também diante do mundo e na Igreja.
    obrigado pelo teu testemunho!
    alexandre e alana

    ResponderExcluir