Selinho

Selinho

26 de abril de 2010

ELENCAR PRIORIDADES...

PASSADO O SUSTO ESTOU FECHADA PARA "REFORMA", RSRSRS
É HORA DE DEFINIR DESEJOS E PRIORIDADES!

22 de abril de 2010

DIÁRIO DO PRÉ E PÓS OPERATÓRIO

Dia 19 de março:
Fui à escola pela manhã, acertei alguns detalhes com a Carla, resolvi algumas pendências que dependiam de mim, expliquei para algumas crianças porque iria me afastar.
Chorei na minha sala, sabia que não era uma despedida, mas que o meu retorno seria uma pessoa diferente, talvez até melhor, mesmo assim sofri um pouco com essa idéia.
Voltei para casa almoçamos e fui ao shopping cortar o cabelo, foi a primeira poda, tive vontade de chorar, depois pensei é só cabelo e cresce, o visual ficou legal e o Renato, cabeleireiro do Corte Zero foi super bacana comigo.
Final de tarde mais duas consultas cirurgião plástico que colocaria a outra mama e anestesista, tudo bem. Tudo isso aconteceu acompanhada de meu fiel escudeiro:
Marcelo, que tem sido a minha cadeira de rodas, embora não precise desta.
Dia 20 de março:
Café da manhã cedo, a cirurgia será às 14 h. Fomos direto ao hospital precisava fazer um exame: linfocintilografia mamária, que foi muito ruim, até agora o que de pior já passei, sai chorando da sala de exame; estava a minha espera os meus compadres: Lagartixa e Magali, fomos até a capela e depois encontramos o Marcelo para providenciar a baixa. Em seguida chegaram meus pais, o Fellipe, meu filho e minha nora Fabi, o Gustavo (filho) e a Tati, minha irmã.
Recebi diversas ligações do Rapha e de muitos amigos.
Senti muita ansiedade e vontade de chegar logo a hora da cirurgia. Por volta de 13:45 a enfermeira veio me buscar para me encaminhar ao bloco cirúrgico.
Quando cheguei a entrada do bloco, subiu uma emoção na minha garganta ao ver ali várias pessoas da minha família e amigos que são parte da minha vida.
Tentei não pensar na mutilação do seio e sim no ganho de seios novos e de uma barriga mais bonita, pensamento positivo aliado a fé, realiza milagres do ponto de vista emocional.
Entrei chorando, mas naquele momento tinha me consagrado a Nossa Senhora e uma sensação de confiança me invadiu completamente.

18 de abril de 2010

Contagem regressiva

Nestes dias fiz coisas que há muito tempo tinha vontade de fazer, fui a São Leopoldo visitar a Cleusa, foi terapêutico e curativo.
Sábado fomos ao centro, passeamos, visitamos amigos, fizemos divulgação da festa de Santa Rita.
Faltam 2 dias para retirar o seio e junto com ele o tumor. Estou um pouco ansiosa, mas com o coração em paz, tenho recebido muitas preces, muitas orações e muito carinho, por isso meu coração está calmo. Hoje reuni as mulheres significativas da minha vida para um café, foi revigorante, combinamos um próximo encontro para dia 8 de maio.
Ontem confessei, comunguei, fui a missa e me senti em sintonia com o Senhor.
Hoje iniciei com o reiki um junto com o Marcelo aplicado por um amigo e senti um amor tão grande pelo meu marido, que acho que por mais que o amasse, amo-o cada vez mais, ele está me carregando no colo, metaforicamente é claro ...
Combinamos nos apoiarmos neste momento e sei que um amor assim vence tudo.
Recebi 7 rosas vermelhas lá do santuário Santa Rita, sei que ela está comigo.
Para finalizar recebi a unção dos enfermos, para que tudo ocorra bem.
Obrigada Senhor pela experiência que tenho vivido.

14 de abril de 2010

Descendo a montanha russa

Quero só agradecer ao amor recebido, as preces encaminhadas e hoje me sinto fortalecida e com o coração em paz.
Estou me reinventando, e tenho certeza que Deus na sua infinita misericórdia há de prover fé, confiança e recursos de toda a ordem para superar esse Câncer.
Vou vencer, um dia de cada vez.
Estou vivendo o cãncer como se estivesse andando na montanha russa, e vou descer dela com olhos abertos, vivendo toda a emoção que ela pode me proporcionar e me ensinar. Com medo sim, mas com a certeza que não vou cair.
Que Nossa Senhora das Graças e da Imaculada Conceição me acompanhe.
Conto também com Santa Rita e São Jorge, um guerreiro de primeira!

13 de abril de 2010

Nada é mais significativo como viver o dia como se fosse o último.
Amar como se não houvesse amanhã,
não deixe nunca o perdão para outro dia, pode ser que este dia não chegue...

BOA NOITE

meu amor



Meu marido e meu amor, por tudo que nos une, lutarei com todas as minhas forças e conto com a graça de Deus!!!

Meus fillhos minha grande força!!!
A doença está em mim, mas eu não estou com ela!
O poder de Deus é maior que qualquer mal do corpo e da alma,
Creio nisso!!!

12 de abril de 2010

DIÁRIO DE UMA METAMORFOSE - O INÍCIO



Olá amigos!
Fiquei esperando o momento adequado para partilhar com vocês um novo desafio que terei que enfrentar, pensei no momento certo, nas palavras certas e nada de mais significativo me vinha à mente. Até porque a minha mente inicialmente ficou muito preocupada.
Daí me lembrei das borboletas e do processo de metamorfose que elas passam e são quatro fases bem distintas que acho que podem ser aplicadas também à transformação que a minha vida vai passar:
1. Fase do susto: Há semanas atrás descobri um nódulo no seio, fiz alguns exames e na quarta-feira dia 7 de Abril veio a confirmação que era câncer de mama. Um pouco de revolta me veio; o que é humano, mas passou em seguida e decidi que precisava descobrir o que irei aprender com essa nova experiência que está se apresentando na minha vida.
2. Fase prática: Bom, pensei... Já que é isso, vou encarar de frente, marquei médico, fiz exames de vários tipos (ainda estou fazendo) e decidi que vencerei a doença de cabeça erguida (preciso que me lembrem disso, quando inevitavelmente eu me abater), para isso preciso da ajuda de todos que me rodeiam, da energia das orações e do carinho daqueles que por ironia são nossos amigos "do peito".
3. Fase do casulo: Ficarei afastada por algum tempo e preciso que continuem me vendo a presença de vocês será o meu remédio.
4. Retorno: Voltarei novinha em folha e como terei que retirar todo o seio esquerdo, voltarei "turbinada", com um par de seios novos. rsrsrs É a fase de se reinventar, se rever, se perceber diferente e mudar para que não volte a doença.
Minha cirurgia será dia 20 de abril no hospital Santa Rita, conto com as orações de vocês.

Terminada a metamorfose terei vivido, chorado, gargalhado e vivenciado coisas das quais jamais pensei que pudesse experimentar e enfrentar.
Rezem por mim, seja qual o nome do Deus que vocês invocam, eu agradeço de coração!!!
Com carinho Lu